Influenza A (H7N9) (colocado a 25-08-2016)

Alerta 26/2016 - Informação relativa a infecção por Influenza A (H7N9)

Segundo dados do ECDC, as autoridades de saúde chinesas notificaram, a 18 de agosto, 5 novos casos confirmados de gripe aviária A(H7N9). Os casos são de Fujian, Hebei e Pequim. Os casos relatados de Hebei e de Pequim são da mesma família, pelo que a transmissão de humano para humano não pode ser descartada.

http://ecdc.europa.eu/en/publications/Publications/communicable-disease-threats-report-21-aug-2016.pdf

Casos de gripe aviária A(H7N9) em seres humanos reportados na China desde março 2013: Zhejiang (219), Guangdong (195), Jiangsu (104), Fujian (71), Xangai (51), Anhui (38), Hunan (34), Hong Kong (16), Jiangxi (15), Xinjiang Uyghur (10), Pequim (9), Shandong (8), Guangxi (4), Henan (4), Hebei (4), Hubei (2), Jilin (2), Tianjin (2), Guizhou (2) e Liaoning (1).

Foram também relatados 3 casos importados: um na Malásia e dois no Canadá.

http://ecdc.europa.eu/en/publications/Publications/communicable-disease-threats-report-21-aug-2016.pdf

Segundo o ECDC, este evento não é inesperado. Casos importados de influenza A(H7N9) poderão vir a ser detetados na Europa. No entanto, o risco de propagação da doença entre os humanos, na sequência de uma importação para a Europa, é considerada muito baixa.

Medidas

As autoridades chinesas implementaram as seguintes medidas de vigilância e controlo:

  • Reforço da vigilância dos surtos;
  • Reforço do tratamento médico dos casos;
  • Realização de comunicação de risco e divulgação de informação.

O ECDC continua a monitorizar a situação.

http://ecdc.europa.eu/en/publications/Publications/RRA-Influenza-A-H7N9-update-four.pdf

Mais informações, consulte:

http://ecdc.europa.eu/en/publications/Publications/RRA-Influenza-A-H7N9-update-four.pdf

Loading...
Loading...