West Nile Virus (atualizado em 23-09-2020)

Atualização Alerta 06/2022 - West Nile Virus (WNV) na UE e Países Vizinhos (23/09/2022)

Desde a semana anterior e até 14 de setembro de 2022, foram reportados 148 novos casos humanos de infeção pelo Vírus do Nilo Ocidental na UE/EEE: Itália (88; 2 óbitos), Grécia (36), Roménia (13), Croácia (5), Áustria (2), Alemanha (2) e Hungria (2); foram também reportados 24 casos pela Sérvia (1 óbito). Desde o início da época, foram reportados 720 casos na UE/EEE: Itália (472; 25 óbitos), Grécia (192; 15 óbitos), Roménia (34; 2 óbitos), Hungria (9), Croácia (5), Áustria (4), Alemanha (3) e Eslováquia (1). Os países vizinhos da UE reportaram 154 casos na Sérvia (8 óbitos). Foram ainda registados 175 focos em aves em Itália (154), Alemanha (19), Áustria (1) e Espanha (1); bem como 44 focos em equídeos em Itália (31), Alemanha (3), Grécia (2), Espanha (2), Croácia (2), Hungria (2), Áustria (1) e França (1). De acordo com o CCAES, nesta semana, foram notificados 3 casos (1 confirmado e 2 prováveis) em Espanha (Cádiz e Tarragona).

Segundo o ECDC, Itália, Grécia e Sérvia têm reportado um número relativamente alto de casos: em Itália é maior do que nos 3 anos anteriores, e comparáveis aos observados em 2018, ano de pico epidémico; na Grécia, o número de casos e a distribuição geográfica são comparáveis aos observados na época de 2010 e inferiores a 2018; na Sérvia, é superior à média dos casos notificados entre 2012 e 2021, mas inferiores aos anos 2013e 2018.

De acordo com a Diretiva 2014/110/UE da CE, após deteção de casos, devem ser aplicados aos dadores de sangue critérios de adiamento temporário para a dádiva de sangue por 28 dias após deixarem uma área de risco para infeção pelo vírus do Nilo Ocidental adquirida localmente, a menos que o resultado de um teste individual de ácido nucleico seja negativo.

Durante a época de transmissão, o ECDC atualiza a situação epidemiológica relativa ao vírus do Nilo Ocidental às sextas-feiras.

Face a estas situações, pensamos adequado para a prevenção do risco de transmissão de WNV através da transfusão,  a suspensão dos candidatos à dádiva que tenham permanecido pelo menos uma noite nas regiões / países referidos ( já que não existe referência a regiões) , por um período de 28 dias e dos candidatos à dádiva de sangue a quem tenha sido diagnosticada a infeção, por um período de 120 dias após resolução da infeção.

Solicitamos a vossa maior atenção a esta informação e a sua divulgação a todos os  profissionais com responsabilidades na seleção e avaliação de dadores de sangue

Mais informações:

https://www.ecdc.europa.eu/sites/default/files/documents/Communicable-disease-threats-report-3-sep-2022.pdf

https://www.ecdc.europa.eu/en/west-nile-fever/surveillance-and-disease-data/disease-data-ecdc

Atualização Alerta 06/2022 - West Nile Virus (WNV) na UE e Países Vizinhos (18/08/2022)

Desde a semana anterior e até 10 de agosto de 2022, foram reportados 67 novos casos humanos de infeção pelo Vírus do Nilo Ocidental na UE/EEE:

Itália (50; 3 óbitos), Grécia (15) e Áustria (2); foram também reportados 11 casos pela Sérvia (2 óbitos).

Desde o início da época, foram reportados 188 casos: Itália (144; 10 óbitos), Grécia (39), Áustria (2), Roménia (2) e Eslováquia (1). Os países vizinhos da UE reportaram 34 casos na Sérvia (3 óbitos). Foram ainda registados 39 focos em aves em Itália (38) e Alemanha (1h bem como 7 focos em equídeos, em Itália.

Segundo o ECDC, os casos foram reportados por países e regiões que já reportaram em anos anteriores.

De acordo com a Diretiva 2014/110/UE da CE, após deteção de casos, devem ser aplicados aos dadores de sangue critérios de adiamento temporário para a dádiva de sangue por 28 dias após deixarem uma área de risco para infeção pelo vírus do Nilo Ocidental adquirida localmente, a menos que o resultado de um teste individual de ácido nucleico seja negativo. Durante a época de transmissão, o ECDC atualiza a situação epidemiológica relativa ao vírus do Nilo Ocidental às sextas-feiras.

 Face a estas situações, pensamos adequado para a prevenção do risco de transmissão de WNV através da transfusão,  a suspensão dos candidatos à dádiva que tenham permanecido pelo menos uma noite nas regiões / países referidos ( já que não existe referência a regiões) , por um período de 28 dias e dos candidatos à dádiva de sangue a quem tenha sido diagnosticada a infeção, por um período de 120 dias após resolução da infeção.

Solicitamos a vossa maior atenção a esta informação e a sua divulgação a todos os  profissionais com responsabilidades na seleção e avaliação de dadores de sangue

Atualização Alerta 06/2022 - West Nile Virus (WNV) na UE e Países Vizinhos (11/08/2022)

Desde a semana anterior e até 3 de agosto de 2022, foram reportados 66 novos casos humanos de infeção pelo Vírus do Nilo Ocidental na UE/EEE:  Itália (52, incluindo 2 óbitos), Grécia (12) e  Roménia (2);  foram também reportados 7 casos pela Sérvia (1 óbito).

Desde o início da época, foram reportados 120 casos: Itália (94, incluindo 7 óbitos), Grécia (23), Roménia (2) e Eslováquia (1).

Os países vizinhos da UE reportaram 23 casos na Sérvia, incluindo 1 óbito.

Foram ainda registados 22 focos em aves em Itália (21) e Alemanha (1), bem como 4 focos em equídeos, em Itália.

Em Itália, tem sido reportado um número de casos e óbitos superior à média dos anos anteriores, no período homólogo, mas inferior a 2018.

Segundo o ECDC, e considerando as tendências epidemiológicas em épocas anteriores, espera-se um aumento adicional de infeções em Itália durante o mês de agosto. As condições ambientais podem ser igualmente favoráveis noutras áreas endémicas da Europa, pelo que é expectável um aumento do número de casos noutros Estado-Membros durante as próximas semanas.

De acordo com a Diretiva 2014/110/UE da CE, após a deteção de casos, devem ser aplicados aos dadores de sangue critérios de adiamento temporário para a dádiva de sangue por 28 dias após deixarem uma área de risco para infeção pelo vírus do Nilo Ocidental adquirida localmente, a menos que o resultado de um teste individual de ácido nucleico seja negativo. Durante a época de transmissão, o ECDC atualiza a situação epidemiológica relativa ao vírus do Nilo Ocidental às sextas-feiras. vlais informações

Face a estas situações, pensamos adequado para a prevenção do risco de transmissão de WNV através da transfusão,  a suspensão dos candidatos à dádiva que tenham permanecido pelo menos uma noite nas regiões / países referidos ( já que não existe referência a regiões) , por um período de 28 dias e dos candidatos à dádiva de sangue a quem tenha sido diagnosticada a infeção, por um período de 120 dias após resolução da infeção.

Solicitamos a vossa maior atenção a esta informação e a sua divulgação a todos os  profissionais com responsabilidades na seleção e avaliação de dadores de sangue

 

Alerta 07/2022 - West Nile Virus (WNV) na Austria

O Gabinete Federal para a Segurança nos Cuidados de Saúde da Áustria recebeu informações sobre os 2 primeiros casos autóctones confirmados de WNV em humanos na região da Baixa Áustria.

O Gabinete Federal para a Segurança nos Cuidados de Saúde da  Áustria informou as partes interessadas para prestarem cuidadosa atenção em entrevistas médicas e seleção de dadores.

Os dadores destas regiões só podem ser admitidos para dádiva  se estas forem testadas pela WNV NAT (durante o período de 1 de Junho - 31 de Outubro).

Quando não são implementados testes WNV-NAT, os dadores são temporariamente adiados da dáddiva (28 dias).

Face a estas situações, pensamos adequado para a prevenção do risco de transmissão de WNV através da transfusão,  a suspensão dos candidatos à dádiva que tenham permanecido pelo menos uma noite na região referida  por um período de 28 dias e dos candidatos à dádiva de sangue a quem tenha sido diagnosticada a infeção, por um período de 120 dias após resolução da infeção.

Solicitamos a vossa maior atenção a esta informação e a sua divulgação a todos os  profissionais com responsabilidades na seleção e avaliação de dadores de sangue

Atualização Alerta 06/2022 - West Nile Virus (WNV) na UE e Países Vizinhos

Desde a semana anterior e até 20 de julho de 2022, foram reportados 17 casos humanos de infeção pelo Vírus do Nilo Ocidental na UE/EEE: Itália (14, incluindo 4 óbitos) e Grécia (3); foi também reportado 1 caso pela Sérvia.

Desde o início da época, foram reportados 19 casos: Itália (15, incluindo 4 óbitos) e Grécia (4). Os países vizinhos da UE reportaram 2 casos na Sérvia. Foram ainda registados 5 focos em aves em Itália (4) e Alemanha (1), não tendo sido reportados focos em equídeos.

De acordo com a Diretiva 2014/110/UE da CE, devem ser aplicados aos dadores de sangue critérios de adiamento temporário para a dádiva de sangue por 28 dias após deixarem uma área de risco para infeção pelo vírus do Nilo Ocidental adquirida localmente, a menos que o resultado de um teste individual de ácido nucleico seja negativo. Durante a época de transmissão, o ECDC atualiza a situação epidemiológica relativa ao vírus do Nilo Ocidental às sextas-feiras.

Face a estas situações, pensamos adequado para a prevenção do risco de transmissão de WNV através da transfusão,  a suspensão dos candidatos à dádiva que tenham permanecido pelo menos uma noite nas regiões / países referidos ( já que não existe referência a regiões) , por um período de 28 dias e dos candidatos à dádiva de sangue a quem tenha sido diagnosticada a infeção, por um período de 120 dias após resolução da infeção.

Solicitamos a vossa maior atenção a esta informação e a sua divulgação a todos os  profissionais com responsabilidades na seleção e avaliação de dadores de sangue

 Alerta 06/2022 - West Nile Virus (WNV) na Grécia (1) em Itália (1) e na República Eslovaca (1)

Vimos por este meio, divulgar atualização sobre  informação recebida através do  Sistema RONDA da Direcção Geral da Saúde sobre casos WNV na Grécia (1) e em Itália (1) e através do  Rapid Alert on Blood da Comissão Europeia na República Eslovaca (1)

Até 13 de julho de 2022, foram reportados casos humanos de infeção pelo Vírus do Nilo Ocidental na Grécia (1) e em Itália (1); estes são os primeiros casos reportados na atual época de vigilância (junho a novembro de 2022). Desde o início da época, foram registados 5 focos em aves em Itália (4) e Alemanha (1), não tendo sido reportados focos em equídeos.

O primeiro caso de infeção por WNV confirmado na Eslováquia foi em 20 de Julho num doente do grupo etário de 60+ anos. Uma vez que o doente se deslocava diariamente entre Bratislava e o município húngaro de Rajka (Região de Gyor-Moson-Sopron), não é possível determinar se se trata de um caso autóctone (doméstico) ou se se tratou de uma transmissão fora da República Eslovaca. A investigação epidemiológica do caso confirmado está ainda em curso. A infeção foi confirmado com base em sintomas clínicos (meningoencefalite ) e na dinâmica de positividade serológica para WNV: anti-WNV IgM, anti-WNV IgG e o título do soro anticorpos neutralizantes.

Porque a aldeia húngara de Rajka está localizada perto de Bratislava e existe uma grande comunidade de eslovacos que lá vivem e que se deslocam diariamente a Bratislava, para efeitos de medidas preventivas contra a transmissão de WNV através de sangue doado, foram consideradas ambas as regiões (Região de Bratislava e Região de Gyor-Moson-Sopron) como áreas afetadas.

Foram tomadas medidas apropriadas para a segurança do sangue em toda a Eslováquia e em Bratislava pela Autoridade Nacional Competente - Ministério da Saúde da República da Eslováquia

  • Reforço dos critérios de seleção de dadores.
  • Reforço da informação pós-dádiva.
  • Adiamento de 28 dias dos dadores que tenham permanecido pelo menos uma noite nas áreas afetadas e dos dadores que trabalham nas áreas afetadas.
  • Implementação de testes ID WNV RNA na região de Bratislava e em regiões vizinhas, onde os dadores das áreas afetadas doam o seu sangue.
  • Implementação de métodos de redução de patogénica para plaquetas na região de Bratislava

Face a estas situações, pensamos adequado para a prevenção do risco de transmissão de WNV através da transfusão,  a suspensão dos candidatos à dádiva que tenham permanecido pelo menos uma noite nas regiões / países referidos ( já que não existe referência a regiões) , por um período de 28 dias e dos candidatos à dádiva de sangue a quem tenha sido diagnosticada a infeção, por um período de 120 dias após resolução da infeção.

Solicitamos a vossa maior atenção a esta informação e a sua divulgação a todos os  profissionais com responsabilidades na seleção e avaliação de dadores de sangue

Mais informações em:

https://www.ecdc.europa.eu/sites/default/files/documents/Communicable-disease-threats-report-16-jul-2022-allusers.pdf

https://www.ecdc.europa.eu/en/west-nile-fever/surveillance-and-disease-data/disease-data-ecdc

Loading...
Loading...